10 alimentos típicos de dieta que podem estar te engordando

10 alimentos típicos de dieta que podem estar te engordando

Você sabia que alimentos ricos em nutrientes muitas vezes são também ricos em calorias? “Existe um ‘áurea’ saudável em torno desses alimentos, então as pessoas não prestam atenção nas calorias” explica Lisa Young, professora de nutrição, estudo do alimento e saúde pública da New York University. Esses alimentos podem também vir acompanhados de altas quantidades de açúcar (suco verde, por exemplo), ou carboidratos (todos os grãos), ou gordura (frutas). “Se você acrescenta algo em sua dieta, mesmo que seja algo considerado saudável, você tem que tirar algo para compensar ou vai ganhar peso” ensina. Confira abaixo uma lista com 10 alimentos que podem sabotar seus planos de diminuir a silhueta.

Suco verde
Sim, o adorado suco verde não é exatamente seu melhor amigo – a não ser que você respire fundo e insira o mix de folhas sem nenhuma adição de açúcar, praticamente um gazpacho. Acontece que, para amenizar o sabor forte dos vegetais, os sucos convencionais geralmente contém alta quantidade de açúcar, em alguns casos quase tanto quanto uma lata de refrigerante.

Nuts
Cerca de 28 gramas de amêndoas ou amendoins  (que é aproximadamente o tamanho de um copo) têm mais de 160 calorias, e em aperitivos você consome mais que o dobro dessa quantidade. “Não sou de comer muito, mas não consigo me controlar com castanhas de caju” declara a administradoraSusan KellyFrank Lipman, especialista em medicina integrada, não se surpreende: “Nuts tendem a ser um alimento gatilho, e é muito difícil para qualquer pessoa controlar a quantidade ingerida”. Para obter os benefícios nutricionais da castanha de caju, amêndoas e nozes – tais como a vitamina E, magnésio e ômega-3 – sem exageros Lipman sugere polvilha-los em saladas. Isso irá limitar a quantidade que você come. Você pode também contar 20 nuts e esconder o resto.

Supergrãos (quinoa, farro e freekeh)
Quinoa, farro, e freekeh são queridinhos no meio nutricional: a quinoa tem muita proteína, aminoácidos, fibras e potássio, o farro tem componentes que melhoram seus sistema imunológico e diminuem seu colesterol e o freekeh, a última moda da dieta, têm cerca de quatro vezes mais fibras que o arroz integral. Mas no mundo da dieta, um carboidrato é um carboidrato, e eles contém muitas calorias. Nicole Avena, neurocientista do Centro de Pesquisa da Obesidade da Universidade de Columbia e autor do livro Por que as dietas Falham? diz que seus pacientes ganham peso comendo grandes quantidades dos grãos da moda. “A fibra presente nesses alimentos faz você se sentir satisfeito mais rápido, mas como qualquer uotro carboidrato, ativa o sistema de recompensa no seu cérebro e pode te levar a consumir grandes quantidades, e isso pode ser uma preocupação considerando que uma xícara têm entre 200 e 260 calorias. O segredo é autocontrole: a quantidade certa é o tamanho de seu pulso.

Lanches sem glúten
Ficar sem consumir glúten é algo que se faz quando você é celíaco ou têm alguma sensibilidade à proteína presente em massas. Muitas pessoas Têm evitado o glúten a fim de perder peso, o que podia ser considerada uma boa estratégia até a indústria alimentícia lançar uma série de produtos como cookies, torradas e até pizza sem glúten, mas com muito açúcar e gordura. “Quando tirei o glúten da minha dieta pela primeira vez comia apenas alimentos não processados e por isso perdi peso” declara a publicitáriaRoxanne Ierino. “Mas então comecei a comer esses novos produtos sem glúten e não perdi nem mais um quilo desde então”. Um conselho: leia as informações nutricionais de cada alimento e certifique-se de que não contém mais que quatro gramas de açúcar.

Homus
“Se eu abro um pote de homus, eu acabo com ele” divide a escritora vegetariana Molly Calhoun. “As vezes eu nem me importo com cenouras ou torradas e como puro com colher, como se fosse iogurte”. O homus tem tanta caloria que é um dos primeiros produtos que psicóloga alimentar Stephen Gullo elimina da dieta de seus pacientes. “Mas tem proteína!” eles protestam. Duas colheres de sopa de grão de bico têm 70 calorias – mas quem para aí? – e isso sem contar com o que você escolhe para comer. “Se você é uma pessoa que consegue consumir apenas duas colheres de sopa de homus tudo bem. Mas se você for comer um pote inteiro ele vai acabar indo parar na sua cintura” diz Lisa. No lugar do homus, dê preferência por molhos feitos a base de vegetais.

Uvas
As calorias não são o problema, mas essas pequenas não são inocentes. Uma xícara de uvas tem 15 gramas de açúcar – para você entender melhor, três bolachas Oreo têm 14 gramas.E mais: “é raro se sentir satisfeito antes de terminar um cacho inteiro” divide Cena Jackson, diretora de PR daHermès. For the record: 75 gramas de açúcar têm aproximadamente 310 calorias. Um jeito de evitar um desastre na balança é congelando as uvas antes de consumi-las, te fará comer menos.

Frutas secas
Frutas secas são piores que frutas normais. “Ganhei cinco quilos em três meses depois que comecei a comer frutas secas de lanche” diz a americanaJessica Bailey. “Eu pensei é fruta, que mal pode fazer?”. Muito. Frutas secas contém altas quantidades de açúcar e calorias (metade de uma xícara de damascos tem cerca de 25 gramas de açúcar e 107 calorias). “É basicamente como comer doce” diz Stepehen Gullo. Opte por frutas frescas, mas cuidado com as que têm altas quantidades de açúcar como uva, banana e manga.

Comidas cruas (alface, cenoura e aipo)
Muitas comidas cruas como alface, cenoura e aipo não são lá essa maravilha de gosto e é por isso que muitas vezes não são consumidos sozinhos e ganham o acompanhamento de molhos altamente calóricos. Um lanche “cru” pode ser altamente calórico: uma salada de abacate por exemplo, com apenas abacate, nozes e azeite de oliva , pode ter 410 calorias.

Couve
Sozinha, a couve é ótima para a perda de peso, o problema é que nunca a comemos sem nada. A receita favorita da nutricionista Janis Jibrin é mistura-la com leite de amêndoa, batatas, cebolas e noz-moscada, formando uma sopa de 48 calorias.

Água de coco
Aquela deliciosa água de coco que gostamos de tomar depois da prática de algum exercício é outro exemplo de superalimento – contém eletrólitos, como sódio e potássio – com alto potencial para ganho de peso. Uma pequena caixinha tem 45 calorias – aparentemente poucas para os padrões mas não insignificantes – isso quando algumas marcas não acrescentam açúcar. E mais: você não precisa de eletrólitos extras a menos que você corra por pelo menos uma hora. Beba água normal.

 

Fonte: Vogue Brasil

Comments are closed.

PHVsPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hYm91dF9idXR0b248L3N0cm9uZz4gLSBMRVIgTUFJUy4uLjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Fib3V0X2hlYWRlcjwvc3Ryb25nPiAtIERyLiBQYXVsbyBSb2JlcnRvPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWJvdXRfcGhvdG88L3N0cm9uZz4gLSAvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTIvbG9nby5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hYm91dF90ZXh0PC9zdHJvbmc+IC0gTmFzY2lkbyBFbSBCbHVtZW5hdSBTLkMuIEZleiB0b2RvIGVuc2lubyBiw6FzaWNvIGVtIExhZ2VzIFMuQzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkXzMwMF9hZHNlbnNlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfMzAwX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL2Fkcy8zMDB4MjUwYS5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF8zMDBfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfY29udGVudDwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfY29udGVudF9hZHNlbnNlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfY29udGVudF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvNzI4eDkwYS5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50X3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2hlYWRlcjwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaGVhZGVyX2NvZGU8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9oZWFkZXJfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzLzQ2OHg2MGEuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaGVhZGVyX3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX3RvcDwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdG9wX2Fkc2Vuc2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzLzQ2OHg2MGEuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdG9wX3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FsdF9zdHlsZXNoZWV0PC9zdHJvbmc+IC0gZGFya19ncmVlbi5jc3M8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hdXRvX2ltZzwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19ibG9nX2NhdDwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Jsb2dfbmF2aWdhdGlvbjwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYmxvZ19wZXJtYWxpbms8L3N0cm9uZz4gLSAvP3BhZ2VfaWQ9NDM8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19ibG9nX3N1Ym5hdmlnYXRpb248L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2J1dHRvbl9saW5rPC9zdHJvbmc+IC0gLz9wYWdlX2lkPTUyPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMTA8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMTBfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzExPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzExX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xMjwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xMl9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMV9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMzwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzNfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzQ8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfNF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfNTwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzVfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzY8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF82X2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF83PC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfN19pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2N1c3RvbV9jc3M8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jdXN0b21fZmF2aWNvbjwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlYXR1cmVkX3Bvc3RzPC9zdHJvbmc+IC0gMjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlZWRidXJuZXJfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZ29vZ2xlX2FuYWx5dGljczwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2xvZ288L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19tYW51YWw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vc3VwcG9ydC90aGVtZS1kb2N1bWVudGF0aW9uL2FwZXJ0dXJlLzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX25hdl9leGNsdWRlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fcmVzaXplPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3Njcm9sbGVyX3Bvc3RzPC9zdHJvbmc+IC0gNDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3Nob3J0bmFtZTwvc3Ryb25nPiAtIHdvbzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3RoZW1lbmFtZTwvc3Ryb25nPiAtIEFwZXJ0dXJlPC9saT48L3VsPg== Todos os direitos reservados de Paulo Roberto.